Geologia - Junta de Freguesia de S. Tomé de Negrelos

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Geologia

Freguesia > O Território

Em termos geológicos, dominam na área os granitos tardi e pós— tectónicos de Burgães, Selho e Arões, sendo monzogranitos biotíticos porfiróides e de grão médio, a Oeste uma pequena porção de relevo aflora o granito de Airão, Aves e Roriz que são monzogranitos de grão médio de tendência porfiróide, de duas micas, com predomínio de biotite (Nota explicativa Carta 9-B Guimarães).

A moscovite e sobretudo a biotite são os minerais predominantes, tendo uma textura porfiróide, em resultado da presença de fenocristais, o granito hercínico possui ligeiras fracturas com direcções SW/NE e NW/SE (Antunes, 1991). Segundo O. Ribeiro as ligeiras fracturas conservados em granitos, podem ser percepcionadas no traçado dos cursos de água que seguem a mesma direcção, resultando do erosão e fracturação das rochas, surgem pequenos vales de fractura, como é perceptível no curso do Ribeiro do Fôjo, área de estudo (São Tomé de Negrelos).

Fonte: Carta Geológica de Portugal 9B - Guimarãees

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal