Hidrologia - Junta de Freguesia de S. Tomé de Negrelos

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Hidrologia

Freguesia > O Território

A área do município é dominada pelo Rio Ave e Vizela*. A Bacia Hidrográfica do Rio Ave ocupa cerca de 1400 Km2. O rio Ave desenvolve-se numa direcção E-W percorrendo uma extensão de cerca de 94 Km desde a nascente na Serra da Cabreira até à foz localizada a Sul de Vila do Conde. Os seus afluentes mais importantes são os rios Este, na margem direita e Vizela, na margem esquerda, cujas bacias drenam 250 Km2 e 340 Km2, respectivamente (Revista FLUP, 1991).

A área de estudo (São Tomé de Negrelos) é limitada a Norte pelo rio Vizela, que faz a separação administrativa da freguesia de São Tomé de Negrelos da Vila das Aves. A linha de água do Ribeiro do Fôjo atravessa a freguesia numa orientação S – N.
Na Bacia do Rio Vizela está incluída a sub-bacia do Ribeiro do Fôjo que nasce no município de Santo Tirso mais concretamente na freguesia de Monte Córdova, verificando-se aqui a sua altitude mais elevada 450 metros, desagua na freguesia vizinha de São Tomé de Negrelos, aos 80 metros confluindo aqui com o Rio Vizela (SNIRH, 2014).

A distribuição da rede de drenagem ao longo do município é caracterizador das bacias fluviais no âmbito geomorfológico e hidrológico, ou seja, as cabeceiras das linhas de água situam-se às altitudes mais elevadas do município, e os cursos de água principais são resultado de falhas tectónicas com orientação NNW – SSE e WSW – E NE, como é visível na carta geológica 9-b Guimarães, ao longo do percurso do ribeiro do Fôjo.



* O município de Santo Tirso enquadra-se na Região Hidrográfica 2 do Cávado, Ave e Leça e contempla as bacias hidrográficas dos rios Cávado, Ave e Leça e das ribeiras da costa entre os respectivos estuários e outras pequenas ribeiras adjacentes (INAG, 2013).
O rio Leça desagua em Leça do Balio, Matosinhos e têm as suas cabeceiras em Monte Córdova, Santo Tirso.


 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal